Visual Kei

E o que é esse tal “Visual Kei”, afinal?

“Kei” é o relativo em japonês para a palavra “Estilo”. Mas o que é implicado dentro desse “Estilo Visual”?

Visual Kei

Depois de 1982, quando a banda “X Japan” estourou no cenário do rock japonês com um visual novo, completamente diferente de todo o habitual – e também completamente inspirado nos movimentos que surgiam nos Estados Unidos e em Londres, dentro do “mercado do rock”, do Glam e do movimento punk – o conhecido Visual Kei começou a aparecer. Na verdade, esse estilo não pode ser definido apenas como moda ou como música. É dito que atuam como se fossem dois irmãos da mesma mãe, e caminham um ao lado do outro, se enfatizando e afirmando seus ideais. O visual ajudando a chamar atenção para as músicas, e as músicas ajudando a definir o que é o visual.

Com o passar dos anos, mais e mais bandas começaram a surgir. Olhando apenas para o aspecto da moda, as roupas começaram a se tornar ainda mais extravagantes e diferentes, e o que era, a princípio e de certa forma, uma “cópia” do estilo ocidental de se vestir, começou a ter uma identidade. Quanto mais pessoas aderiam esse novo visual, mais toques pessoais eram criados e mais únicas se tornavam as pessoas nas ruas do Japão. A influência vinha de todos os lados: Do punk, do gótico, do vitoriano, do Glam, e misturados com elementos da própria cultura japonesa, dando uma liberdade de usarem isso da maneira como realmente queriam, com o adendo muito valorizado dentro desse cenário, que é a androginia.

São muitos elementos diferentes que são vistos nas vestimentas do Visual Kei: Xadrezes, listras, sobreposições de peças, exageradas estampas, piercings, lentes de contato das mais diferentes cores, botas e plataformas, cabelos tingidos, bolsas personalizadas, kimonos alterados… e tudo isso combinado de uma forma, não necessariamente harmônica, mas certamente com uma beleza e exuberância exótica e cativante, motivo pelo qual hoje em dia, esse estilo é considerado um dos mais marcantes e mais famosos do Japão ~ ♥

Clique aqui para ver mais posts sobre Visual Kei!

Texto por Dana Guedes

One thought on “Visual Kei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *